DGS esclarece que, afinal, é necessário teste negativo para entrar em eventos culturais

29 dez 2021, 07:42
Centro de testagem contra a covid-19
Centro de testagem contra a covid-19

Em causa, garantem as autoridades, esteve "um lapso" na atualização dos pontos 16 e 17 da orientação que estabelece as regras e as normas de acesso a estes eventos

PUB

A Direção-Geral de Saúde emitiu, esta quarta-feira, uma nota a esclarecer que é necessária a apresentação de um teste negativo para entrar em eventos culturais até ao dia 2 de janeiro. Recorde-se que, inicialmente, a orientação da DGS permitia o acesso a eventos culturais com apenas o certificado de vacinação.

“O acesso a eventos de natureza cultural implica a apresentação de um comprovativo de realização laboratorial de teste ou a realização de teste rápido de antigénio na modalidade de autoteste (colheita nasal) (…) com resultado negativo”, pode ler-se no comunicado.

PUB

Em causa, garantem as autoridades, esteve "um lapso" na atualização dos pontos 16 e 17 da orientação que estabelece as regras e as normas de acesso a estes eventos, que entretanto já foram corrigidas.

Recorde-se que orientação sobre lotação dos espaços culturais, atualizada na terça-feira e então disponível no site oficial da DGS, definia que o acesso a “eventos de natureza cultural” está dependente da apresentação “de um dos seguintes documentos”: certificado digital COVID; comprovativo de vacinação que ateste o esquema vacinal completo há pelo menos 14 dias; comprovativo de realização laboratorial de teste com resultado negativo.

PUB
PUB
PUB

Esta atualização diferia do que ficou decidido na semana passada em reunião de Conselho de Ministros, em 21 de dezembro, quando o primeiro-ministro, António Costa, antecipou várias das medidas propostas para a semana de contenção.

 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados