US Open: Kerber e Wozniacki passam no primeiro teste

29 ago 2018, 09:39
Angelique Kerber (Reuters)

Também Djokovic, Zverev e Cilic venceram e seguiram em frente

Angelique Kerber, Caroline Wozniacki e Novak Djokovic passaram com distinção no primeiro teste do US Open em ténis, último torneio do «Grand Slam» da temporada, que distribui cerca de 34 milhões de euros em prémios monetários.

A dinamarquesa Caroline Wozniacki é, aos 28 anos, a jogadora com melhor ranking (2.ª WTA) no major norte-americano, após a eliminação da líder mundial Simona Helep, e não encontrou grandes entraves para afastar a campeã do US Open de 2011, Samantha Stosur.

Num dia em que as temperaturas voltaram a ultrapassar os 30 graus e a humidade atingiu os 50 por cento, levando a algumas desistências, Wozniacki, que venceu dois títulos esta temporada (Open da Austrália e Eastbourne), bateu a veterana australiana, de 34 anos, pelos parciais de 6-3 e 6-2, em uma hora e 24 minutos.

A dinamarquesa e ex-número um mundial, detentora de 29 títulos WTA, marcou assim encontro para a segunda ronda com a ucraniana Lesia Tsurenko, que venceu a belga Alison van Uytvanck, por 6-3 e 6-2.

A campeã de Wimbledon, Angelique Kerber, assegurou igualmente a presença na fase seguinte do «Grand Slam» norte-americano, mas precisou de quase duas horas para superar a adversária russa Margarita Gasparyan (370.ª WTA), em vésperas do seu 24.º aniversário, em 01 de setembro, por 7-6 (7-5) e 6-3. A quarta cabeça de série alemã, de 30 anos, irá defrontar agora a sueca Johanna Larsson.

Tal como Kerber, que está à procura de um quarto título do «Grand Slam» em Nova Iorque (Open da Austrália e US Open em 2016 e Wimbledon em 2018), a quinta pré-designada, a checa Petra Kvitova, também não se deixou surpreender pela belga Yanina Wickmayer e, por 6-1 e 6-4, garantiu a qualificação para a segunda jornada.

Na competição masculina, destaque para o encontro entre o antigo número um mundial Novak Djokovic e o húngaro Marton Fucsovics, de 25 anos, disputado em quatro sets no Arthur Ashe Stadium.

Naquele que foi o primeiro duelo entre ambos, o húngaro e número 41 ATP ainda conseguiu surpreender, «roubando' um parcial, mas o sérvio, bicampeão do US Open, conseguiu resistir e fechou o desafio pelos parciais de 6-3, 3-6, 6-4 e 6-0, em três horas e 01 minuto.

O alemão Alexander Zverev, quarto cabeça de série, e o croata Marin Cilic (campeão do US Open de 2014) também se estrearam com vitórias.

Relacionados

Patrocinados