«Um mal entendido»: Peng Shuai agora nega ter sofrido abusos sexuais

20 dez 2021, 09:10
Peng Shuai

Tenista chinesa aparece num evento público em Xangai

A tenista chinesa Peng Shuai contraria tudo o que até agora se sabia sobre os seus últimos meses e diz que, afinal, a acusação de abuso sexual feita a um ministro chinês foi «um mal entendido». 

Peng Shuai apareceu num evento público em Xangai, ao lado do antigo basquetebolista da NBA, Ya Ming, e gravou uma declaração ao jornal Singapura Lianhe Zaobao. 

Shuai garante nunca ter acusado ninguém, nem quando escreveu a 2 de novembro, na rede social Weibo, que o ex-vice-primeiro-ministro Zhang Gaoli a teria obrigado a ter relações sexuais. 

«Naquela noite não consenti e chorei o tempo todo», era a frase original que, mais tarde, foi apagada da conta de Peng Shuai. 

A jornalista ainda perguntou se Peng andava livremente pelo seu país, ao que a tenista respondeu também de forma categórica: «Porque haveria alguém a observar-me? Tenho estado em casa em liberdade.»

A tenista chinesa confirmou, finalmente, ter escrito uma carta ao presidente da WTA, Steve Simon, mas diz que os equívocos na comunicação nasceram no seu inglês, «não muito bom». 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados