Saiba tudo sobre o Euro aqui

PSD pede audição urgente de João Galamba na comissão de inquérito à TAP

Agência Lusa , PF
11 abr 2023, 16:11
João Galamba (Lusa/Tiago Petinga)

Em causa está uma reunião que decorreu na véspera de uma audição da presidente executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, em janeiro, que contou a participação da responsável, de deputados do PS e de membros de gabinetes do Governo

O PSD pediu esta terça-feira a audição urgente do ministro das Infraestruturas, João Galamba, na comissão de inquérito à TAP, devido à reunião com deputados do PS, a presidente executiva e membros de gabinetes do Governo, em janeiro.

De acordo com o requerimento endereçado hoje ao presidente da comissão de inquérito, Jorge Seguro Sanches, o grupo parlamentar do PSD entende que “é urgente a audição do ministro João Galamba”, requerendo, assim, “formalmente a sua convocatória prioritária”.

Em causa está uma reunião que decorreu na véspera de uma audição da presidente executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, em janeiro, que contou a participação da responsável, de deputados do PS e de membros de gabinetes do Governo.

“De acordo com a CEO [presidente executiva] da TAP, o convite para a reunião partiu do Ministério das Infraestruturas. Segundo o Ministro das Infraestruturas, a manifestação de interesse na reunião partiu originalmente da TAP, no dia 16 de janeiro de 2023, tendo o seu ministério apenas anuído à sua realização”, aponta o PSD, realçando que os esclarecimentos do ministro das Infraestruturas ocorreram dois dias após o conhecimento público da existência da reunião.

Já o Ministério dos Assuntos Parlamentares, de quem partiu o convite para a reunião via Teams, afirma ter apenas servido de ponte entre o grupo parlamentar do Partido Socialista e as Infraestruturas.

Neste sentido, o PSD pede também aos dois ministérios e à presidente executiva da TAP que respondam a seis questões: “De quem foi a iniciativa de realizar a reunião tida a 17 de janeiro de 2023, de que forma foi demonstrada a manifestação de interesse na realização da reunião, qual a ordem de trabalhos atribuída, quem participou, se existem resumos, notas ou ata da reunião e o que foi tratado na mencionada reunião”.

Caso existam registos escritos do encontro, o PSD “solicita o seu envio à Comissão Parlamentar de Inquérito da TAP”.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados