TAP vai fazer auditoria externa a pagamentos e indemnizações a trabalhadores e administradores

19 jan, 15:55
TAP (imagem Getty)

Decisão surge após as polémicas saídas de Teresa Lopes e Alexandra Reis

A TAP decidiu fazer uma auditoria externa independente aos pagamentos a trabalhadores e administradores, segundo fonte oficial da TAP avançou à TVI/CNN Portugal.

Contactada pela TVI/CNN Portugal, a mesma fonte não comentou o caso específico de Teresa Lopes, cuja indemnização de mais de um milhão de euros foi avançada esta quinta-feira, no Jornal da Uma da TVI, mas avançou que a empresa vai avançar com esta auditoria.

Teresa Lopes trabalhou na TAP durante mais de 30 anos, tendo ascendido à administração da empresa no final de 2014, como administradora financeira (CFO) do então presidente executivo Fernando Pinto. Esteve nessas funções durante cerca de um ano, então com um salário de cerca de 15 mil euros mensais. Com a privatização aprovada em 2015, e a consequente nomeação de uma nova administração, assumiu a função de vice-presidente da área financeira da companhia aérea, reportando então a David Pedrosa.

Já em 2017, com o Estado a intervir novamente na TAP, Teresa Lopes fechou um acordo de saída avaliado em 1,2 milhões de euros. Ficou na empresa até março de 2020, nesse período como consultora.

Além do caso de Teresa Lopes existe também a questão de Alexandra Reis, administradora da companhia aérea que recebeu 500 mil euros de indemnização meses antes de ter assumido a pasta de secretária de Estado do Tesouro. A polémica adensou-se a governante acabou demitida pelo ministro das Finanças, Fernando Medina.

Relacionados

Empresas

Mais Empresas

Mais Lidas

Patrocinados