Exército do Sudão suspende participação nas negociações com os paramilitares

Agência Lusa , BC
31 mai 2023, 08:43
Cartum, no Sudão (Foto: Marwan Ali/AP)

Exército alega que os rebeldes não estão a aplicar acordo previsto nas tréguas temporárias

O Exército sudanês suspendeu a participação nas negociações na Arábia Saudita que visavam eventuais tréguas com os paramilitares que disputam o poder no Sudão, disse à France Presse fonte governamental sudanesa.

A fonte do Governo do Sudão, que não quis ser identificado, disse que o Exército de Cartum tomou a decisão de suspender as negociações "porque os rebeldes nunca aplicaram os pontos do acordo sobre tréguas temporárias, que preveem a retirada dos hospitais e das casas".

Os confrontos no Sudão eclodiram em Cartum no dia 15 de abril entre o Exército e os paramilitares das Forças de Reação Rápida tendo-se alastrado a vários pontos do país.

Devido ao conflito, que agravou as condições de extrema pobreza do Sudão, as Nações Unidas alertam que é necessária ajuda humanitária de emergência para acudir de imediato aos deslocados internos e às populações civis que se refugiaram em países vizinhos. 

 

Relacionados

África

Mais África

Patrocinados