Governo já contactou todos os cidadãos portugueses no Sudão e está a preparar retirada

CNN Portugal , MJC
23 abr 2023, 15:22
Conflitos no Sudão (AP)

"As diferentes situações estão a ser acompanhadas", garante o MNE

O Ministério dos Negócios Estrangeiros e o Ministério da Defesa Nacional "estão a trabalhar em articulação, juntamente com outros países aliados, com vista à retirada, em segurança, dos cidadãos nacionais que se encontram no Sudão", informa o Governo em comunicado.

De acordo com a nota do MNE, "foram já contactados todos os cidadãos nacionais conhecidos no Sudão, e as diferentes situações estão a ser acompanhadas".

Itália, França, Eua, Espanha e outros países já retiraram ou estão a retirar os seus cidadãos do Sudão onde, desde há uma semana, ocorre um conflito armado entre as forças armadas, comandadas pelo líder de facto do país desde o golpe de Estado de outubro de 2021, o general Abdel Fattah al-Burhan, e os paramilitares do das Forças de Apoio Rápido (RSF, na sigla em inglês), chefiados pelo general Mohamed Hamdan Dagalo, conhecido como "Hemedti".

Segundo a mais recente contagem da Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo menos 413 civis morreram e 3.551 ficaram feridos desde o início do conflito no Sudão.

Governo

Mais Governo

Patrocinados