Sporting-Santa Clara, 4-0 (crónica)

Adérito Esteves , Estádio José Alvalade, Lisboa
14 mai, 22:27

Emoção e festa na hora das despedidas

As despedidas podem ser emocionais sem serem tristes.

E isso foi provado neste sábado em Alvalade.

No meio de várias despedidas, o convívio da família sportinguista conseguiu terminar com o desejo claro de esquecer o que correu menos bem e abraçar o bom que foi.

Desde logo, a equipa de Amorim despediu-se do símbolo de campeão nacional que exibiu durante esta época, num ano em que o título vai para o Dragão, que celebrava aa conquista à hora do jogo em Alvalade.

Mas houve drama por isso? Nada.

Fê-lo com uma goleada por 4-0 sobre o Santa Clara.

O nome de Ruben Amorim foi entoado pelos adeptos várias vezes ao longo dos 90 minutos, a mostrar que continua forte a relação que até há bem pouco tempo parecia tão improvável.

A despedida mais sentimental, porém, estava guardada para Sarabia. Começou logo no aquecimento e não mais parou.

Ao ser anunciado o nome do espanhol emprestado pelo Paris Saint-Germain, houve ovação.

Ao minuto 17, número nas costas de Sarabia, 60 segundos de ovação.

A cada canto batido pelo avançado, ovação.

E o que dizer do momento em que Sarabia marcou o 3-0? Ovação gigantesca, pois claro. Bem maior do que as que ouviram Tabata no 1-0 ou Porro no 2-0. Nem mesmo Marcus Edwards, que fez o 4-0 com um golo monumental.

Mas nenhum se deve ter importado com isso.

E para fechar, o consumar da despedida, aos 63m, quando o espanhol foi substituído sob cânticos e aplausos que certamente não esquecerá, conforme parece ter dito pela forma como bateu no coração enquanto saía de campo.

Mas houve mais sinais de despedida. João Palhinha? Tem-se falado de uma possível saída do médio internacional português que, alem de também ter sido brindado com uma ovação no momento da substituição, teve depois o nome cantado pelos adeptos quando já estava no banco.

E no meio de despedidas, também houve espaço para boas-vindas.

O guarda-redes João Virgínia estreou-se na Liga, começando o jogo de início. O jovem defesa espanhol José Marsá fez o primeiro jogo pela equipa principal do Sporting e o também guardião André Paulo cumpriu os primeiros minutos da época.

Tudo isto, num clima de festa que não foi tão contida assim, apesar de Ruben Amorim ter dado nota zero à época dos leões.

Houve emoção, mas foi feliz a despedida do Sporting da época 2021-2022.

 

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados