Amorim: «Por mim, os jogadores fechavam as redes sociais»

12 ago, 13:27

Treinador do Sporting falou sobre as críticas dos adeptos após o jogo com o Sp. Braga

Após o empate (3-3) na primeira jornada, Ricardo Esgaio, que foi batido no duelo individual no lance do golo do empate do Sp. Braga, recebeu várias críticas vindas de adeptos e até desativou as contas nas redes sociais. O treinador do Sporting, Ruben Amorim, avisou que o plantel tem de estar preparado para lidar com a crítica ou a solução passa por deixar o mundo digital.

«A crítica e os adeptos têm sido corretos comigo. Tenho tido muito apoio, toda a crítica tem sido correta e justa, às vezes até me dão méritos que não são só meus. É difícil para os jogadores, que tiveram dois anos com grande apoio dos adeptos. Têm de perceber que há o outro lado, que é muito difícil. Ou abdicam do lado bom ou, então, têm de lidar com o lado mau. Por mim, fechavam todos as redes sociais porque, a meu ver, dá uma liberdade muito grande», aconselhou.

«Mas por mais que lhes diga, e já estive no papel deles, não vale a pena. Têm de gerir isso da melhor forma e perceber que é cada vez mais difícil lidar com essas situações. Fico feliz por ter responsabilidade nisso, de todos serem mais exigentes com o Sporting agora. Não podemos fazer caso, isto é futebol. É ir para o próximo jogo, tentar ganhar e no fim fazem-se as contas», acrescentou.

Apesar dos golos sofridos em Braga, Amorim destaca que o Sporting é uma equipa «muito consistente defensivamente» e salientou que se perdem «muito poucos pontos» no campeonato, pelo que os «pequenos pormenores» fazem a diferença.

«Falhas há sempre, os jogadores não são máquinas. Vamos ter atenção aos pormenores. Falou-se muito do terceiro golo, é normal haver um contra um, estava toda a gente a defender bem, talvez o Coates devia ter pressionado mais o jogador. Falámos disso no balneário e, depois, o que lhes mostrei foi que, do outro lado, o Porro teve muitas vezes tempo para decidir e não conseguiu encontrar um jogador. O St. Juste teve uma oportunidade de fazer isso, o Edwards também. O que lhes mostrei é que as vezes basta uma desconcentração. No último momento, aquele jogador [Abel Ruiz] devia estar mais pressionado, apenas isso», explicou.

O Sporting-Rio Ave joga-se este sábado em Alvalade, a contar para a segunda jornada da Liga, às 20h30. Poderá acompanhar a partida AO MINUTO no Maisfutebol.

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados