«Isto não apaga o campeonato que ganhámos, mas torna-o menos especial»

Sérgio Pereira , no Estádio Nacional
26 mai, 21:08

Ruben Amorim diz que ganhar só o título para ele é escasso

Ruben Amorim, treinador do Sporting, em declarações no final da derrota frente ao FC Porto no final da Taça de Portugal:

«Foi uma época boa. Pode ter sido muito boa, se tivéssemos ganhado a Taça. É estranho, porque esteve num pormenor. Mas é assim a exigência máxima. Foi uma época boa, que podia ter sido muito boa. O jogo ficou condicionado por duas bolas metidas nas costas da nossa defesa, uma deu golo e outra penálti. Depois disso tentámos defender melhor e no prolongamento caiu para o outro lado.

Nós mesmo defendendo mais baixo estivemos sempre a controlar o jogo. Se estamos a mudar paradigma, não estamos, mas estamos a começar. É assim que se se muda os paradigmas, começando a fazê-lo.

Eu acho que não apaga o campeonato que fizemos, mas torna menos especial esse sentimento. Eu acho que esta Taça é importante para nós para o próximo ano, tem a ver com a abordagem que vamos ter. Se tivéssemos ganho a dobradinha, teria que ter um trabalho diferente, digamos assim, na pré época. Agora será outro e portanto, temos já a Supertaça para para preparar. A vida de futebolista e dos clubes é sempre assim.

Acho que o título não vai ter impacto nenhum na história. Vamos ficar como mais uma equipa que ganhou um campeonato no Sporting. Não vai ser muito boa a época, porque só ganhámos o campeonato, independentemente dos recordes, dos golos que fizemos. O que fica é que, depoisdo quarto lugar na época passada, os adeptos estiveram sempre lá para nós, desde o primeiro momento.

E, portanto, isso de mudar o paradigma... ganhámos apenas o campeonato, para mim é muito escasso. Se tivéssemos ganho a Taça de Portugal, garanto que estaria aqui a pensar que devíamos ter ganho a Taça da Liga. Portanto ganhámos um campeonato, nada de mais, embora tenhamos feito um excelente campeonato.»

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados