Sporting repudia violência e desiste de protocolo com Juve Leo

23 out, 10:25

Clube «dá por terminadas as tentativas de celebração de protocolo» com a claque leonina

O Sporting divulgou um comunicado na sequência dos incidentes nas bancadas do Estádio de Alvalade no decorrer do jogo com o Casa Pia (3-1), realizado no sábado.

«O Sporting Clube de Portugal lamenta e repudia os episódios de violência ocorridos ontem, no Estádio José Alvalade, durante o jogo com o Casa Pia Atlético Clube. Agradecemos o apoio de todos os que, como sempre, contribuíram positivamente para conduzir a nossa equipa à vitória. O Sporting CP reitera a sua posição em prol de um espectáculo desportivo saudável, vivido em família e de apoio ao seu Clube, e manterá a sua intransigência na luta contra o crime e a violência no Desporto. Quem se identifica com os valores do Sporting CP, e o apoia acima de tudo, não adopta determinados comportamentos, nem muito menos causa danos avultados, deliberados e recorrentes que prejudicam gravemente o Clube», pode ler-se.

Na nota oficial, os leões garantem que vão colaborar na identificação dos adeptos responsáveis pelos incidentes e desistem das conversas para a celebrar de um protocolo com a principal claque: «O Sporting CP informa que irá colaborar activamente com as forças de segurança e a APVDC para identificação de todos os responsáveis pelas ocorrências de ontem.»

«Em virtude do sucedido, e no seguimento de um acumular de acontecimentos similares, assim como das irregularidades igualmente identificadas pela APVDC, o Sporting CP dá também por terminadas as tentativas de celebração de protocolo com a Associação Juventude Leonina», remata o clube de Alvalade.

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados