CD da FPF «não pondera» sancionar jornalista da SportTV

1 set, 21:40
Ruben Amorim no Sp. Braga-Sporting

Jornalista questionou o treinador do Sporting, Ruben Amorim acerca de Islam Slimani

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) disse esta quinta-feira que não está a ponderar sancionar a jornalista da SportTV que questionou o treinador do Sporting, Ruben Amorim, sobre o avançado argelino Islam Slimani.

«O Conselho de Disciplina estava obrigado pelas normas do regulamento da Liga a instaurar um procedimento disciplinar, uma vez que constava no relatório do delegado, mas não pondera sancionar a jornalista», disse fonte oficial do Conselho de Disciplina da FPF.

Segundo a mesma fonte, foi decidido atribuir ao processo «natureza urgente» e este deverá servir também para «clarificar uma aparente desconformidade constitucional» da norma que está no regulamento de competições.

«O CD não aplicou uma norma inconstitucional porque não castigou a jornalista. O CD instaurou um processo que poderá permitir a afirmação da inconstitucionalidade da norma e clarificar o fim de uma restrição à liberdade de imprensa com que os jornalistas e os clubes vivem há muitos anos», reforça fonte do Conselho de Disciplina.

O Sindicato dos Jornalistas considerou na passada quarta-feira «um atentado à liberdade de imprensa» o processo instaurado pelo Conselho de Disciplina da FPF a uma jornalista, por uma questão colocada ao treinador do Sporting, Rúben Amorim.

O processo, instaurado em 30 de agosto, ocorreu depois de uma jornalista do canal SportTV ter feito, na zona de entrevistas rápidas, no final do encontro entre Sporting e Desportivo de Chaves (0-2) para a Liga, uma pergunta ao treinador dos leões «fora contexto do jogo que acabara de terminar», explicou o sindicato em comunicado.

[artigo atualizado]

 

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados