Coates deve renovar, mas deseja terminar a carreira no Nacional

28 nov 2021, 11:01

Capitão uruguaio elogia onda de renovações de jogadores no Sporting e divide mérito da "estratégia" com Ruben Amorim

PUB

Coates tem contrato até junho de 2023, mas o Sporting já trabalha nos bastidores para renovar por mais duas temporadas (até junho de 2025). O capitão uruguaio nunca escondeu o desejo de continuar a brilhar nos leões, mas admitiu pela primeira vez o sonho de, quem sabe, encerrar a carreira ao serviço do Nacional Montevideo, onde se formou e estreou profissionalmente, em 2009.

«Quando o tempo passa, começas a ver que a carreira fica mais perto de terminar. Mas até agora não me coloquei essa questão de onde vou acabar a carreira. Sempre tive... desde que saí, tive o sonho de jogar no Nacional, que foi o primeiro clube que me deu tudo, o meu começo, que me deu a possibilidade de jogar a primeira divisão uruguaia. Mas também depende muito das pessoas que trabalham no Uruguai, no Nacional. Se querem que eu vá para lá ou não. Isto é futebol, e nunca sabemos o passo seguinte. Depois, se não houver esta possibilidade, obviamente que a minha ideia pode ser ficar aqui e acabar a carreira no Sporting», confidenciou o experiente central, em entrevista à CNN Portugal.

PUB
PUB
PUB
PUB

A renovação do camisola 4 leonino não deve tardar a acontecer, especialmente num momento em que o clube tem oferecido novos contratos a diversos jogadores, como Adán, Daniel Bragança, Matheus Nunes e Pedro Gonçalves. Há ainda conversas em andamento com Pedro Porro, Neto e Palhinha.

«O presidente [Frederico Varandas] já sabe, e acho que todas as pessoas dentro do Sporting já sabem que aqui estou muito confortável. Sou muito agradecido também a todo o clube, a todas as pessoas que fazem parte do Sporting, os adeptos, as pessoas que trabalham aqui. Também depende muito do meu físico, obviamente não tenho 20 anos. Hoje em dia, estou muito bem na parte física... talvez não tanto por causa da lesão recente [no joelho direito], mas sinto-me bem. Não sei até quando pode ser o novo contrato, mas, sim, estou muito agradecido. Hoje, tenho contrato até 2023. Se aparecesse esta oportunidade [de renovar], obviamente que aceitaria», reforçou.

Os jogadores não são os únicos que estão em processo de renovação no Sporting. Já se fala bastante de um novo contrato para Ruben Amorim, cujo vínculo atual é válido até junho de 2024. Quem deve renovar primeiro: o central ou o treinador?

PUB
PUB
PUB

«Tomara que seja com os dois. E comigo primeiro [risos]. Independentemente disso, acho que a mensagem que estão a passar é de estabilidade. Para todos nós, como parte do Sporting, é muito importante. É sempre bom quando os jogadores querem renovar, também é bom que um clube tão grande queira renovar contigo. Acho que tudo isto também vem muito do mister, ele pressiona muito para que os jogadores em quem ele tem confiança, com quem ele já trabalhou durante uma época, queiram continuar aqui. É muito bom para o Sporting que todos os jogadores queiram ficar. É um bom sinal para o clube. Também é bom para todos como grupo, que ninguém queira sair, que todos queiram ficar e seguir para o mesmo rumo. É espetacular», finalizou.

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados