Viver o sonho italiano ficou mais fácil graças a um novo visto

CNN , Maureen O'Hare
13 mai, 13:27
Piazza della Madonna dei Monti em Roma (Photo Beto/iStock Unreleased/Getty Images)

Nas notícias de viagens desta semana: superiates submersíveis para bilionários, o aeroporto megahub que poderá ser o mais movimentado do mundo e ainda novos vistos para nómadas digitais na Turquia e em Itália

Novos vistos para nómadas digitais

Fazer as malas e começar de novo no estrangeiro é o sonho de muitos, e os novos programas de vistos e incentivos fiscais estão a torná-lo um pouco mais viável. Portugal, Espanha e Costa Rica são alguns dos países com vistos populares para nómadas digitais, e agora existem duas novas opções para trabalhadores remotos.

As cidades vibrantes e a costa gloriosa da Turquia podem ser apreciadas com o novo visto de nómada digital, que está aberto a cidadãos de 36 países, incluindo os Estados Unidos, o Canadá, a França e o Reino Unido, com idades compreendidas entre os 21 e os 55 anos. É necessário ganhar um mínimo de 2.785 euros por mês ou 33.420 euros por ano.

O visto italiano para nómadas digitais, há muito aguardado, também já está a aceitar candidaturas. Os cidadãos “altamente qualificados” de países não pertencentes à União Europeia/Espaço Económico Europeu podem ter a oportunidade de viver no país durante um ano, desde que tenham o seu próprio seguro de saúde, comprovem que têm um lugar para ficar e ganhem mais de 33.420 euros por ano. Se estiver interessado, tem de marcar uma entrevista presencial num consulado italiano do seu país de residência. O Consulado Geral de Itália em Londres tem os passos necessários para o ajudar a ultrapassar a burocracia.

Dar o salto

A família Hopper, do Texas, deixou os Estados Unidos para trás e mudou-se para a “zona azul” da Costa Rica, uma das regiões do mundo onde as pessoas vivem mais tempo e são mais saudáveis. Sete anos depois, dizem à CNN que se sentem “com mais energia” e adoram o sentido de comunidade familiar.

Numa outra aventura no estrangeiro, um editor de televisão de Los Angeles visitou Itália pela primeira vez nos seus 50 anos. Em 24 horas, comprou uma casa. “É um estilo de vida mais lento”, conta em relação a Latronico, uma cidade na região sul de Basilicata. A cidade “vai ajudar-me definitivamente a relaxar”.

Um dos primeiros passos para se preparar para uma nova vida no estrangeiro é aprender a linguagem local. Os nossos parceiros da CNN Underscored, um guia de críticas e recomendações de produtos que pertence à CNN, têm este guia para as melhores aplicações de aprender outros idiomas.

Grandes ambições

Há mais de uma década que um bilionário australiano tem vindo a planear a construção do Titanic II: uma réplica mais resistente ao mar do navio que se afundou em 1912, mas que continua a fascinar a imaginação de todo o mundo. Esta é a razão porque o está a fazer.

Entretanto, uma empresa austríaca pretende construir superiates submersíveis para bilionários. Com 166 metros de comprimento, estes brinquedos ao estilo do personagem de Bond podem ficar debaixo de água até quatro semanas de cada vez. Porquê? Bem, isso é coisa de gente rica.

Outra forma de gastar dinheiro rapidamente é lançá-lo diretamente para o espaço. Ou seja, pode gastá-lo numa viagem de balão a 40 quilómetros de altitude para ver a curvatura da Terra a partir de cima: uma pechincha de 152.249 euros por viagem.

Erros, mau comportamento e desventuras

Uma cidade japonesa invadida ergueu uma barreira de 2,5 metros para impedir que os turistas tirem fotografias do Monte Fuji num local popular para tirar fotografias. Um funcionário disse à CNN que tem havido problemas contínuos com os visitantes que deixam lixo e não respeitam as regras de trânsito.

Nos Estados Unidos, um homem acusado de pontapear um bisonte no Parque Nacional de Yellowstone foi ferido pelo animal e mais tarde detido. E um casal do Utah enviou acidentalmente o gato de estimação numa devolução da Amazon. Felizmente, três semanas mais tarde, tiveram um reencontro “milagroso”.

E nas notícias sobre transportes, os viajantes australianos ficaram retidos depois de uma companhia aérea de baixo custo ter falido, os voos foram cancelados na Indonésia devido a erupções vulcânicas e dois passageiros de um cruzeiro, com 81 e 84 anos, tiveram de correr para apanhar o navio depois de terem sido deixados para trás em Espanha.

E, finalmente, houve problemas no paraíso quando quatro americanos foram acusados, em incidentes diferentes, de trazer munições reais para as Ilhas Turks e Caicos. A infração pode ser punida com uma pena de 12 anos de prisão, embora os juízes possam usar de discrição.

Caso não tenha visto

Inúmeros cadáveres são deixados para trás no Monte Evereste.

Então, porque é que centenas de alpinistas estão a ir para a “zona da morte” nesta primavera?

Uma ilha perto de Mull of Kintyre está à venda por 3,1 milhões de dólares.

Vem com um rebanho de ovelhas e um pub.

Um novo aeroporto para o mundo.

Foram revelados os planos para o megahub mais movimentado de sempre.

Um cruzeiro de nudismo deve zarpar de Miami em 2025.

Leve pouca bagagem.

Viagens

Mais Viagens

Na SELFIE

Patrocinados