Dois terços dos portugueses cortam na alimentação devido à subida dos preços

24 jun, 07:22
Comida

REVISTA DE IMPRENSA. Sondagem da Aximage revela ainda que quase metade dos portugueses sofreram quebras no rendimento nos últimos 12 meses

Cerca de dois terços dos portugueses viram-se forçado a cortar na alimentação devido à subida dos preços. A conclusão é de uma sondagem da Aximage para Jornal de Notícias, TSF e Diário de Notícias, que revela que 34% dos inquiridos admitiu ter reduzido o consumo de alguns produtos, enquanto um quarto cortou mesmo a compra de alguns.

O aumento dos combustíveis também alterou as rotinas dos portugueses: 58% deixaram de passear menos de carro ao fim de semana, 23% passaram a andar mais a pé, e 13% recorrem agora aos transportes públicos.

Quanto aos rendimentos, 47% dos inquiridos dizem ter sofrido quebras nos rendimentos nos últimos 12 meses, enquanto 57% dizem ter adiado uma despesa ou compra de “valor significativo”.

Quanto à atuação do Governo para atenuar os efeitos da crise, 46% dos portugueses consideram-na “muito má”, por oposição aos 14% que a avaliam de forma positiva.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Economia

Mais Economia

Patrocinados