Croissants, doces e um cobertor. O kit de sobrevivência de um idoso preso durante uma semana na neve

CNN Portugal , MCP
10 mar 2023, 07:30
Preso na neve (foto: Facebook Inyo County Sheriff's Office)

Com o carro encurralado de neve, Jerry não viu outra solução senão sobreviver à base dos snacks guardados no carro e neve

Uma semana à base de croissants, doces e biscoitos, sozinho, preso na neve. É o resumo dos dias de um idoso de 81 anos que foi apanhado de surpresa por uma tempestade no sudoeste da Califórnia.

Jerry Jouret, matemático e ex-funcionário da NASA, tinha passado o fim de semana na sua casa de montanha, em Big Pine e preparava-se para voltar para junto da família, em Gardnerville, a cerca de 3 horas de viagem, no dia 24 de fevereiro.

A certa altura do caminho, Jerry enganou-se e seguiu caminho por uma estrada menos conhecida e foi aí que o seu carro, um SUV, ficou preso.

Sem roupas muito quentes, apenas com um corta-vento vestido, Jerry que sentiu as temperaturas a descer gradualmente, foi mantendo-se quente com um cobertor e uma toalha que tinha no carro. 

Descrito pelo neto, Christian Jouret, como um homem “muito inteligente”, como cita a CNN, o matemático “manteve-se no carro e controlou a bateria e combustível, ligando o carro periodicamente para aquecer”, revela. 

Com o carro encurralado, Jerry não viu outra solução senão sobreviver à base dos snacks guardados no carro e neve, que ia apanhando através da janela. Mas foi num desses momentos, enquanto abria o vidro, que o carro ficou sem bateria. E assim se manteve até o socorrerem.

Segundo um post do Facebook, de Inyo County Sheriff´s Office, as autoridades receberam um alerta de desaparecimento de uma pessoa a 28 de fevereiro, mas, apesar dos planos de resgate, a equipa foi forçada a adiar as buscas devido ao agravamento da tempestade.

A 2 de março, foi detetado um ping de telemóvel, identificado pela Patrulha Rodoviária da Califórnia ajudou a restringir a área de busca e, assim que o tempo permitiu, equipas de helicóptero foram mobilizadas.

“Num curto período de tempo, a equipa avistou um veículo enterrado na neve”, relata o Sherif, que descreve que mal o encontraram conseguiram levá-lo para o aeroporto de Bishop para ser transportado para o hospital.

Jerry esteve aos cuidados de médicos durante apenas algumas horas e, na mesma noite, recebeu alta hospitalar.

O ex-funcionário da NASA revela que ainda se sente traumatizado com o ocorrido, mas que se encontra bem.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Mais Lidas

Patrocinados