"Voce t em e-mail: nova me n sage m de voz". Recebeu esta mensagem ou uma parecida? É melhor apagar

1 mai, 20:00

Caso carregue no link, poderá ver o seu telemóvel enviar mensagens e fazer chamadas espontaneamente, sem que tenha controlo sobre o mesmo

Na última semana, foram muitas as pessoas que relataram terem recebido vários SMS de números nacionais, que informavam que o utilizador tinha um novo correio de voz. A acompanhar a mensagem, muitas vezes ininteligível num primeiro olhar, vem sempre um link.

A recomendação a fazer neste caso é a de sempre: apague a mensagem, para não ter problemas. Contudo, se por algum motivo carregar no link, não trazemos boas notícias, uma vez que espoletará uma ação pouco habitual: o seu telemóvel irá começar a enviar SMS e a fazer chamadas sem que tenha controlo sobre o mesmo.

À CNN Portugal, Pedro Veiga, antigo coordenador do Centro Nacional de Cibersegurança, afirma estar surpreendido com esta tática.

“Enquadra-se numa série de técnicas que existem hoje em dia para ludibriar as pessoas. Mas este comportamento é diferente do que eu esperava. Muitas vezes os criminosos que enviam as mensagens redirecionam os utilizadores para sites onde tentam obter credenciais das pessoas”.

Às vezes com menos erros ortográficos, outras vezes com mais, mas o inusitado da mensagem e os links que a acompanham são sinais para desconfiar. Imagem: DR

É frequente este tipo de mensagens ser enviado para os nossos telemóveis. No entanto, apesar dos múltiplos e regulares alertas, há sempre quem caia nestes esquemas. Para o professor universitário, o número cada vez maior de utilizadores justifica este facto.

“É de esperar, e é o que se tem vindo a verificar, que estes ataques se tornem mais frequentes, pois a base de utilizadores que utiliza estes equipamentos é cada vez maior. Mais utilizadores, mais potenciais vítimas. É incrível o número de pessoas cuja ingenuidade é explorada e com resultados”.

O especialista destaca, porém, os mecanismos já existentes e colocados em prática pelas operadoras para proteção dos seus clientes, e que permitem evitar que muitos deles sejam “apanhados” por estas mensagens.

“Também recebi três mensagens dessas, mas duas delas foram automaticamente redirecionadas para o spam. Normalmente isto acontece devido aos operadores, que criam “listas negras” e marcam os números automaticamente como spam. É útil para quem tem um telemóvel com essa funcionalidade”.

Há ainda outra questão por esclarecer: porque é que há pessoas que recebem estas mensagens duas ou três vezes por dia, e outras que simplesmente não as recebem? Pedro Veiga dá a resposta.

“A quantos mais serviços temos os nossos contactos associados, mais expostos estamos. Quando os criminosos entram nos sites de grandes empresas (por exemplo, do setor das telecomunicações), o que fazem é capturar os dados das pessoas, como endereços de email, números de contas bancárias, palavras-passe, mas também contactos de telemóvel. Essas informações depois são usadas pelos próprios ou vendidas a outras organizações criminosas. O tráfico de credenciais de utilizadores da internet é muito vulgar nos dias que correm”, explicou.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Tecnologia

Mais Tecnologia

Patrocinados