Casal suspeito de triplo homicídio em Bragança e assaltos a gasolineiras acaba detido em Espanha

13 ago, 23:39

Casal é classificado pelas autoridades portuguesas como "muito perigoso"

A polícia espanhola deteve este sábado um casal de portugueses que é suspeito de vários assaltos a gasolineiras e ainda de um triplo homicídio cometido em Donai, Bragança. A notícia é avançada pelo website Zamora News.

Sidney Martins e Nélida Guerreiro, de 42 e 40 anos, respetivamente, foram apanhados durante a noite numa colaboração entre as várias autoridades espanholas, que lançaram uma caça ao casal após um assalto ocorrido a 8 de agosto numa gasolineira da autoestrada 5, perto de Talavera de la Reina.

A Guardia Civil pediu a ajuda da população para localizar os fugitivos, alertando para a possibilidade de estarem armados, sendo que, segundo a mesma polícia, as autoridades portuguesas classificam o casal de “muito perigoso”. No mesmo pedido aquela autoridade espanhola referia ainda a ligação do casal a quatro assaltos a gasolineiras nas zonas de Toledo, Badajoz e Sevilha.

Os suspeitos entraram em Espanha por Huelva, atravessando a fronteira pelo sul de Portugal, no dia 28 de julho. O objetivo seria chegar a França.

A dupla foi agora detida, depois de uma denúncia de populares que detetaram os suspeitos num centro comercial. Testemunhas no local revelaram que Sidney Martins e Nélida Guerreiro não ofereceram resistência.

País

Mais País

Patrocinados