Itália
52'
2 - 1
Albânia

Ministério da Educação vai pedir serviços mínimos para as greves aos exames e avaliações finais

Agência Lusa , CNC
31 mai 2023, 19:33
Greve de professores (Hugo Delgado/Lusa)

Tutela justifica decisão com a necessidade de “garantir o interesse dos alunos e famílias – em particular na dimensão de previsibilidade que o ciclo avaliativo deve ter”

O Ministério da Educação vai pedir que sejam decretados serviços mínimos para as greves hoje anunciadas pela plataforma de nove organizações sindicais aos exames e avaliações finais.

Em comunicado, o Ministério da Educação justifica a decisão apontando a necessidade de “garantir o interesse dos alunos e famílias – em particular na dimensão de previsibilidade que o ciclo avaliativo deve ter”.

As nove organizações sindicais de professores, unidas numa plataforma informal, anunciaram esta quarta-feira que vão fazer greves aos exames nacionais e às avaliações finais, em mais uma de muitas formas de protesto para exigir a recuperação do tempo de serviço.

Relacionados

Educação

Mais Educação

Patrocinados