Sentimento económico recua em setembro na zona euro pelo 8.º mês consecutivo

Agência Lusa , DCT
29 set, 10:13
Dinheiro

O indicador das expectativas de emprego, por seu lado, abrandou 1,2 pontos na zona euro, fixando-se nos 106,7 pontos, e 0,8 na UE, para os 106,4 pontos.

O indicador do sentimento económico voltou, em setembro, a recuar tanto na zona euro quanto na União Europeia (UE), pelo oitavo mês consecutivo, segundo dados da Comissão Europeia, esta quinta-feira divulgados.

De acordo com dados da Direção-geral dos Assuntos Económicos e Financeiros do executivo comunitário, em setembro, o sentimento económico recuou 3,6 pontos para os 93,7 na zona euro e 3,5 para os 92,6 pontos na UE.

A queda do sentimento económico deveu-se à deterioração significativa da confiança em todos os setores empresariais inquiridos e também ao declínio particularmente acentuado entre os consumidores.

O indicador recuou nas maiores economias da UE, com destaque para a Alemanha (-4,8 pontos), seguindo-se os Países Baixos (-3,7), Itália (-3,7), França (-3,2), Polónia (-2,4) e, em menor medida, a Espanha (-1,0).

O indicador das expectativas de emprego, por seu lado, abrandou 1,2 pontos na zona euro, fixando-se nos 106,7 pontos, e 0,8 na UE, para os 106,4 pontos.

Esta baixa deveu-se à deterioração dos planos de emprego nos setores da indústria e construção.

Relacionados

Economia

Mais Economia

Patrocinados