Adeus a Fernando Santos: as mensagens dos internacionais portugueses

16 dez 2022, 10:49
Fernando Santos no Portugal-Suíça

Pepe foi o primeiro a prestar tributo ao engenheiro. A ele seguiram-se Bernardo Silva, Bruno Fernandes e William Carvalho. Mensagens não se ficaram apenas pelos «Mundialistas». Quaresma, Fonte, Eder ou Pote também reagiram

No dia em que foi anunciada a saída de Fernando Santos do cargo de selecionador nacional, têm sido vários os jogadores que recorreram às redes sociais para deixar mensagens de agradecimento ao técnico que orientou a equipa das quinas durante oito anos.

Pepe, o mais velho dos jogadores lusos presentes no Mundial 2022, e que fez parte das opções de Santos desde o primeiro dia, foi o primeiro a reagir, prestando-lhe tributo.

A ele seguiram-se Bernardo Silva, Bruno Fernandes, que começaram a ser chamados à Seleção Nacional já durante o período de Fernando Santos. Também William Carvalho e Eder, o herói do Euro 2016, agradeceram a confiança e o contributo para as páginas mais importantes da história do futebol português.

Ricardo Quaresma, que deixou de ser chamado à Seleção após o Mundial 2018, também deixou uma mensagem: «Criticar é fácil, todos sabem falar, mas a verdade é que a fé e a sorte dão muito trabalho e só com isso é que foi possível erguer a taça», disse, referindo ao Euro 2016 no qual participou.

«Obrigado Mister Fernando Santos e Equipa Técnica, por tudo aquilo que fizeram pela nossa Nação! Ao longo destes anos foi feita história por Portugal com o Campeonato da Europa e Liga das Nações», reagiu ainda Rui Patrício, que perdeu a titularidade na baliza para Diogo Costa e não foi utilizado no Mundial 2022.

Tal como Quaresma, também José Fonte, que ficou de fora do Mundial 2022, deixou uma mensagem ao técnico, lembrando que este o estreou na seleção com 32 anos. «Consigo, com a sua fé, colecionámos vitórias, troféus e momentos Inesquecíveis que estão eternizados. Obrigado pela oportunidade aos quase 32 anos! O sonho de ser internacional estava a esfumar-se… mas você acreditou em mim», escreveu o vencedor do Euro 2016 e da primeira edição da Liga das Nações em 2019. 

Até ao final da noite desta quinta-feira, o capitão Cristiano Ronaldo era um dos poucos internacionais presentes no Mundial 2022 a ainda não ter feito qualquer referência nas redes sociais.

[Em atualização]

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Jose Fonte (@f6nte)

Relacionados

Seleção

Mais Seleção

Mais Lidas

Patrocinados