Francisco Neto: «Seria fácil dizer que o objetivo está alcançado, não está»

30 mai 2023, 17:53
Francisco Neto festeja, no relvado, o apuramento de Portugal para o Mundial 2023 (Martin Hunter/Photosport via AP)

Convocatória para o Mundial foi divulgada nesta terça-feira

Francisco Neto, treinador da seleção feminina de futebol, reforçou nesta terça-feira a ambição de Portugal para a primeira presença de sempre num Mundial.

Após a divulgação da lista de 23 convocadas, Neto garantiu que a presença, por si só, não pode ser encarada como sinal de que o objetivo está conseguido.

«Era mais fácil dizer que o objetivo está alcançado, mas não está. Seria fácil e eu sairia daqui com menos pressão», atirou, sorridente.

Pela frente logo na fase de grupos, Portugal terá as campeãs do Mundo, os EUA, e as vice-campeãs, os Países Baixos, além da seleção do Vietnam, mas Neto não teme as dificuldades que se preveem.

«Queremos chegar ao último jogo da fase e grupos, com os EUA, a depender de nós para passar à fase seguinte. Se chegarmos já qualificados, melhor ainda», defendeu, antes de elogiar as suas jogadoras.

«A nossa equipa é conhecida como as “Navegadoras” e bons mares não fazem bons navegadores. Nós abraçamos as dificuldades. Queremos marcar a nossa presença no Mundial e só se formos competitivos vamos conseguir. Não chega o que conseguimos, queremos mais», acrescentou.

O selecionador reforçou ainda a experiência do grupo que vai liderar e que tem feito parte do crescimento do futebol feminino nacional nos últimos anos.

«Esta é uma seleção carregada de ambição, com muitas jogadoras com percurso incrível connosco. Nesta lista temos 12 jogadoras que estiveram no Europeu de 2017, 19 que foram ao último Europeu. São atletas que têm crescido na adversidade, mas mostram serem capazes de dar resposta. Por isso estamos onde estamos», elogiou.

Relacionados

Seleção

Mais Seleção

Patrocinados