Jota: «Não tive pré-época, sentia-me um pouco cansado na parte final»

27 set, 23:52
Diogo Jota e Álvaro Morata no Portugal-Espanha

Futebolista português fala da substituição e diz que é preciso aprender com «erros», ao lembrar o «balde de água fria» que já tinha sido sofrido ante a Sérvia

Declarações do futebolista Diogo Jota, na zona mista do Estádio Municipal de Braga, após a derrota de Portugal ante a Espanha (0-1), no fecho da fase de grupos da Liga das Nações. Uma derrota que não permite a Portugal seguir para a «final four»:

«Não era o queríamos de um jogo que foi muito igualado. A Espanha não teve mais oportunidades do que nós, mas foi mais eficaz e é isso que dita os resultados nos jogos. Temos de aprender com os erros. Há o Mundial pela frente e lá estas coisas não podem acontecer.»

«Queríamos estar na final four, mas voltámos a sofrer um "balde de água fria" tal como tinha acontecido com a Sérvia [ndr: na fase de qualificação para o Mundial2022]. Temos, definitivamente, de aprender com esse tipo de erros.»

[Pedido de subsituição durante o jogo]: «Não tive pré-época, é apenas o meu segundo jogo como titular esta temporada e já me sentia um pouco cansado na parte final em que estive em campo.

«A Espanha, tal como nós, tem muitas e boas opções e os jogadores que entraram causaram-nos outro tipo de dificuldades. Sentimos isso, mas tudo se resume ao facto de eles terem tido uma oportunidade e marcaram e nós não.»

Relacionados

Seleção

Mais Seleção

Patrocinados