Quase uma dezena de adeptos invade treino (um deles abraça Ronaldo)

Vítor Maia , Enviado especial ao Euro 2024
14 jun, 18:59

Portugal abriu as portas do treino no estádio Heidelwaldstadion, em Gütersloh, onde estiveram 8210 pessoas

Cristiano Ronaldo continua a ser a figura maior da seleção nacional. Houve um entusiasmado exacerbado à volta do internacional português ainda nem o treino no Heidewaldstadion, em Gütersloh, tinha começado, na tarde desta sexta-feira.

«Ronaldo, Ronaldo, Ronaldo», gritava-se, nas bancadas ocupadas por 8.210 adeptos. 

Mais do que o treino, todos queriam ver o avançado do Al Nassr. Há quem tenha levado a loucura ao extremo e tenha arriscado chegar a Cristiano Ronaldo. 

Seis adeptos entraram em campo, embora a maioria tenha sido travada pelas forças de segurança (um deles com a ajuda do guarda-redes José Sá). Porém, um dos «invasores» conseguiu chegar ao capitão da seleção nacional e deu-lhe um abraço.

Pouco depois, Roberto Martinez deu por concluída a sessão de trabalho e a equipa deu uma volta de honra para agradecer a presença dos adeptos e o apoio recebido. 

Quando os jogadores se encaminhavam para o balneário, ninguém conseguiu conter os adeptos e foram dezenas os que tentaram chegar aos jogadores. Sem sucesso, diga-se.

Relacionados

Seleção

Mais Seleção

Mais Lidas

Patrocinados