Segurança Social já pagou pensões de janeiro com aumentos

Agência Lusa , DCT
11 jan, 12:42
Idosos

No dia 19, serão também pagas as pensões da CGA, com os aumentos previstos, segundo o ministério

A Segurança Social pagou na segunda-feira as pensões já com os aumentos previstos para 2023, medida que abrange 2,7 milhões de pensionistas e que custa 1.265 milhões de euros, avançou esta quarta-feira a tutela.

Em comunicado, o gabinete da ministra Ana Mendes Godinho indica que "a Segurança Social procedeu, dia 9 de janeiro, ao pagamento das pensões de janeiro, com os aumentos previstos para 2023".

O pagamento foi assim efetuado, apesar de a portaria que prevê a atualização ter sido publicada em Diário da República apenas na segunda-feira ao final do dia.

"No total, são aumentadas 3,7 milhões de pensões, que beneficiam 2,7 milhões de pensionistas da Segurança Social e CGA [Caixa Geral de Aposentações]", realça o gabinete, acrescentando que "a medida tem um custo anual de 1.265 milhões de euros".

Em causa estão aumentos de 4,83% para as pensões até 960,86 euros (valor correspondente a dois IAS - Indexante de Apoios Sociais), de 4,49% para pensões entre 960,87 euros e 2.882,58 euros (entre dois a seis IAS) e de 3,89% para pensões de valor igual ou superior a 2.882,59 euros (entre seis e 12 IAS).

No dia 19, serão também pagas as pensões da CGA, com os aumentos previstos, segundo o ministério.

A portaria que estabelece os aumentos anuais das pensões para 2023 foi publicada na segunda-feira em Diário da República, produzindo efeitos em 01 de janeiro.

Economia

Mais Economia

Patrocinados