Hospital de Vila Franca de Xira sem necessidade de reencaminhar doentes para Santarém

Agência Lusa , DCT
12 jun, 10:28
Urgências do Hospital de Vila Franca de Xira em “situação crítica”, alerta sindicato

Numa nota enviada hoje à agência Lusa, o Conselho de Administração nega, assim, as afirmações de uma fonte do Hospital de Santarém que afirmou à Lusa que o hospital esteve a receber doentes de Vila Franca de Xira.

O Conselho de administração do Hospital de Vila Franca de Xira esclareceu este domingo que tem estado a “funcionar com normalidade” e sem necessidade de reencaminhar doentes para o Hospital de Santarém.

O esclarecimento do Hospital de Vila Franca de Xira surge na sequência de uma notícia divulgada pela agência Lusa, segundo a qual o Hospital de Santarém estava a receber doentes de Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa.

Numa nota enviada hoje à agência Lusa, o Conselho de Administração nega, assim, as afirmações de uma fonte do Hospital de Santarém que afirmou à Lusa que o hospital esteve a receber doentes de Vila Franca de Xira.

“O Conselho de Administração do Hospital de Vila Franca de Xira, EPE desconhece tal situação e, reconhecendo os desafios da constituição das escalas de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia, informa que a Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do HVFX,EPE, tem estado a funcionar, com normalidade e sem necessidade de reencaminhar doentes para outras unidades hospitalares, participando do esforço de articulação em rede dos hospitais de Lisboa e Vale do Tejo”, sublinha.

Assegura ainda que “informará por meios próprios se esta situação de normalidade se alterar”.

Na sexta-feira a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) alertou para constrangimentos no funcionamento dos serviços de obstetrícia e ginecologia até segunda-feira em vários hospitais na região de Lisboa.

“Apesar de todos os esforços desenvolvidos, não foi possível ultrapassar os constrangimentos no funcionamento de alguns serviços de obstetrícia/ginecologia da região, que irão ocorrer entre o final do dia de hoje (10 de junho) e o final do dia de segunda-feira (13 de junho), período de feriados”, disse a ARSLVT, em comunicado.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

País

Mais País

Patrocinados