Programa de saúde mental nas escolas para 42 mil alunos entre os 12 e os 15 anos

Agência Lusa , DCT
27 set, 11:39
Saúde mental

A equipa de investigação irá ainda fazer uma avaliação do impacto e eficácia do programa para perceber se houve um efetivo aumento do bem-estar mental

Mais de 42 mil alunos entre os 12 e os 15 anos vão participar num programa de promoção de bem-estar mental nas escolas que arranca este ano letivo, revelou a organização do projeto.

Chama-se “Ao teu lado - Programa de Promoção de Bem-estar Mental nas Escolas” e vai ser posto em prática em mais de 100 estabelecimentos de ensino durante os próximos quatro anos, segundo a entidade que financia o projeto, a Z Zurick Foundation.

O projeto tem duas fases e a primeira decorre este ano letivo, altura em que serão realizadas sessões de grupo com a comunidade escolar - alunos, famílias, professores e funcionários - para chamar a atenção para a importância do bem-estar mental e a necessidade de estar alerta para entender os primeiros sinais e sintomas.

Na segunda fase, que decorre nos próximos três anos letivos, ou seja, até 2025-2026, serão desenvolvidos programas de intervenção dirigidos para os adolescentes e outro para os professores.

No caso dos jovens, o foco estará na promoção de estratégias de regulação das emoções, enquanto para os docentes, o objetivo vai passar pelo reforço das estratégias de regulação das emoções, mas na perspetiva da profissão, promovendo o recurso a estratégias de regulação emocional adaptativas, na hora de enfrentar dificuldades emocionais ou problemas de relacionamento com os alunos.

Segundo os responsáveis, o programa irá envolver mais de 42 mil alunos do 3.º ciclo, assim como cerca de 800 professores e 2.105 famílias.

Caberá à EPIS - Empresários Pela Inclusão Social em parceria com a Unidade de Psicologia Clínica Cognitivo - Comportamental (UPC³) da Universidade de Coimbra implementar o projeto nas mais de 100 escolas que já estão inscritas.

A equipa de investigação irá ainda fazer uma avaliação do impacto e eficácia do programa para perceber se houve um efetivo aumento do bem-estar mental.

Saúde Mental

Mais Saúde Mental

Patrocinados