Atriz Sandra Oh foi ao funeral da rainha Isabel II (e há uma explicação para isso)

20 set, 11:47
Sandra Oh (Instagram)

Atriz, que nasceu no Canadá, fez parte da comitiva do país que acompanhou Justin Trudeau ao funeral da rainha no Reino Unido

O funeral da rainha Isabel II contou com cerca de 2.200 convidados e, entre eles, houve quem se destacasse e quem passasse despercebido. Um desses casos foi Sandra Oh, a atriz de 51 anos conhecida pelos seus papéis em Anatomia de Grey e Killing Eve, que revelou no Instagram que integrou a comitiva do Canadá no funeral da monarca.

Com um vestido preto, Sandra Oh levou ao peito a condecoração de Oficial da Ordem do Canadá que, segundo a BBC, recebeu em junho deste ano. A Ordem do Canadá é a segunda mais alta condecoração civil e é concedida àqueles que fizeram contribuições extraordinárias para o país.

"Orgulhosa de representar o Canadá com os meus companheiros da Ordem do Canadá e Valor no funeral de sua majestade a rainha Isabel II na Abadia de Westminster hoje", escreveu a atriz, que estava acompanhada pelo pianista Gregory Charles e pelo ex-nadador campeão olímpico Mark Tewksbury.

De acordo com a BBC, Sandra Oh recebeu a condecoração este ano pela sua "carreira artística recheada de papéis memoráveis no palco, televisão e cinema no Canadá e no exterior".

A atriz fez parte da procissão de detentores da Victoria Cross, a George Cross e as Ordens de Cavalaria, juntamente com outros Oficiais da Commonwealth nomeados para participar no serviço. A lista de quem faria parte da comitiva do Canadá foi divulgada a 15 de setembro pelo gabinete do primeiro-ministro.

A delegação do Canadá foi liderada pelo primeiro-ministro Justin Trudeau e a mulher, Sophie Gregoire Trudeau. 

Na reação à morte da monarca, o primeiro-ministro do Canadá afirmou que todos os canadianos vão relembrar Isabel II pela sua “sabedoria, compaixão e cordialidade” e que "o seu serviço aos canadianos vai ficar para sempre como uma importante parte da história do país”.

A rainha Isabel II morreu, no dia 8 de setembro, aos 96 anos, no Castelo de Balmoral, rodeada pela família. O funeral decorreu na segunda-feira em Londres e a monarca foi a enterrar em Windsor, na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, ao lado do marido, o duque de Edimburgo.

Europa

Mais Europa

Patrocinados