Rússia perde mais dois navios no Mar Negro. Ucrânia divulga imagens do ataque com drone

2 mai, 16:05
Ataque de drone no Mar Negro

Ministério da Defesa da Ucrânia divulgou um vídeo que mostra o momento em que os dois navios são atingidos por um drone. Rússia ainda não se pronunciou

As forças ucranianas destruíram dois navios de patrulha russos no Mar Negro, anunciou o chefe do Estado Maior da Ucrânia, esta segunda-feira. Em causa estão dois navios da classe Raptor, que foram atingidos nas proximidades da "Ilha da Serpente" (Ilha Zmiinyi), localizada a cerca de 70 milhas náuticas a sul de Odessa.
 
"Dois barcos russos da classe Raptor foram destruídos na madrugada de hoje perto da Ilha Zmiinyi", anunciou Valeriy Zaluzhniy, no Telegram.

O vídeo, partilhado pela página oficial do ministério da Defesa da Ucrânia no Twitter, mostra o momento em que os navios foram destruídos por duas aeronaves não tripuladas (drones). A marca de hora no vídeo, gravado diretamente do sistema UAV EO/IR, confirma que o ataque duplo ocorreu esta segunda-feira, 2 de maio de 2022.

"O Bayraktar está a operar", afirmou Valeriy Zaluzhniy, referindo-se ao drone de combate de longa distância e média altitude turco capaz de operações de voo autónomas ou controladas remotamente. Segundo a Ucrânia, os navios russos estavam a realizar operações de reconhecimento.

"O Bayraktar TB2 enviou dois barcos de patrulha russos f******-se na madrugada de hoje. As cobras na Snake Island agora têm um novo parque de diversões", partilhou também a conta do Ministério da Defesa - que desde o início da invasão russa ficou célebre pelo teor dos comunicados. Esta frase, originalmente dita por um soldado ucraniano às forças russas, tornou-se num símbolo da resistência da Ucrânia, tendo sido espalhada em cartazes pela cidade de Odessa, por exemplo.

Até ao momento ainda não houve reação de Moscovo. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados