Os tesouros que o fundo do mar esconde – e que acrescentaram um milhão de quilómetros quadrados aos EUA

20 jan, 00:00
Groenlândia Ártico (Olivier Morin/AFP via Getty Images)

Desde a chamada era dos Descobrimentos que o sabemos: quem controla as rotas marítimas e as suas riquezas, controla o mundo. Mas se há alguns séculos os navegadores estavam concentrados em conectar diferentes pontos do globo, guiados pelas linhas de costa, hoje as riquezas a explorar são outras: estão no fundo dos oceanos, na forma de combustíveis fósseis e outros recursos e minérios mais ou menos raros, como o lítio ou o telúrio. Mas a quem pertencem e quem tem direito a explorá-los? E como é que isso fez surgir manchetes sobre a expansão territorial dos EUA no correspondente a quase duas Espanhas?

Clique aqui para aceder à reportagem

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados