Rui Rio assinala fim das funções como deputado e encerra "uma etapa" da sua vida

Agência Lusa , DCT
13 set, 19:52
Rui Rio (Lusa/Miguel A. Lopes)

Rui Rio era deputado desde 2019, depois de ter exercido essas funções entre 1991 e 2001, antes de ser, durante outra década, presidente da Câmara Municipal do Porto

O anterior presidente do PSD, Rui Rio, assinalou esta terça-feira o fim das suas funções como deputado na Assembleia da República, dizendo que encerra “uma etapa” da sua vida.

"Cesso hoje as funções de deputado. Deixo de ter qualquer cargo político, encerrando assim uma etapa da minha vida”, refere numa mensagem na rede social Twitter.

Rui Rio, que presidiu ao PSD entre 2018 e julho deste ano, deixou ainda uma mensagem quer aos seus apoiantes, quer aos seus adversários políticos.

“A todos os que em mim confiaram, fica o meu sentido agradecimento. Aos que de mim divergiram, honesta e civilizadamente, deixo-lhes as minhas saudações democráticas”, assinalou.

Rui Rio era deputado desde 2019, depois de ter exercido essas funções entre 1991 e 2001, antes de ser, durante outra década, presidente da Câmara Municipal do Porto.

Fonte da bancada social-democrata confirmou na segunda-feira à Lusa que o ex-presidente do PSD Rui Rio já tinha entregado o pedido de renúncia ao mandato de deputado, enquanto o anterior líder parlamentar Paulo Mota Pinto pediu a suspensão por cinco meses.

As notícias das saídas de Rio e Mota Pinto do parlamento, já aguardadas, foram avançadas pelo jornal Público, e deverão ser anunciados no primeiro plenário após as férias parlamentares, na quarta-feira.

Rui Rio, eleito pelo círculo do Porto, será substituído por António Cunha, de Penafiel, 15.º da lista, e que já esteve na Assembleia da República na anterior legislatura.

O ex-líder do PSD já tinha anunciado que deixaria o parlamento no início de setembro.

Relacionados

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados