Paulo Rangel estará ao lado de Rio na campanha: “Dou e darei todo o meu apoio”

18 dez 2021, 19:44
Rui Rio e Paulo Rangel no Congresso do PSD. Foto: Lusa
Rui Rio e Paulo Rangel no Congresso do PSD. Foto: Lusa

Apesar da mensagem de união interna, o último opositor de Rui Rio em diretas centrou o discurso nos problemas do país e no ataque ao PS de António Costa

PUB

Perante uma sala praticamente cheia, Paulo Rangel apresentou-se ao 39º Congresso do PSD como um “modesto e simples militante de base”. Depois da disputa interna com Rui Rio em novembro, havia necessidade de clarificar que essa estava arrumada. “Ao contrário do que muitos diziam, as eleições internas não enfraqueceram nem debilitaram o PSD. Reforçaram, credibilizaram, legitimaram”, afirmou.

E daí que, de hoje até 30 de janeiro, o eurodeputado queira estar presente, a alinhar com o atual líder.

PUB

“Dou e darei todo o meu apoio ao partido e ao presidente, nesta pré-campanha e nesta campanha eleitoral”, garantiu.

A Rio, Rangel deixa um pedido, que tem sido, aliás, repetido ao longo dos dois dias do congresso: “o PSD tem de ser a grande alternativa ao PS”. “O PSD tem, já nas próximas eleições legislativas, de ser o veículo, de ser o motor dessa esperança e dessa confiança”, reforçou. Pôr o país a “sonhar” de novo, disse, é a grande meta.

Costa, o protagonista involuntário

Se Rui Rio foi o aperitivo do discurso de Rangel, António Costa havia de ser o prato principal. Como o principal alvo das críticas de uma governação que “anestesiou o país”. “De que pode orgulhar-se o Governo que não da lenta agonia do ministro Cabrita?”, atirou.

PUB
PUB
PUB

Da educação à justiça, passando pela TAP, muitos foram os exemplos dados pelo eurodeputado para comprovar as falhas que vê no atual Governo. “O projeto do PS e do seu líder exauriu-se, esgotou-se, apagou-se. António Costa é hoje um líder sem alma, sem chama, sem vontade. Está cansado, está conformado, está resignado”, argumentou.

No final, o congresso levantou-se para aplaudir aquele que é considerado o principal opositor interno de Rio.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados