Bandeira nazi em funeral causa polémica em Itália

12 jan, 23:20
Caixão coberto com bandeira nazi durante funeral em Roma (Open via AP)
Caixão coberto com bandeira nazi durante funeral em Roma (Open via AP)

Tanto a comunidade judaica de Roma como a diocese da cidade repudiaram a ação

PUB

Uma procissão funerária em Roma deixou Itália em estado de choque. O motivo: o caixão estava coberto com uma bandeira nazi. De acordo com o The Guardian, vários órgãos italianos identificaram a morta como sendo Alessia Augello, de 44 anos, antiga membro do grupo de extrema-direita Forza Nuova, que terá morrido no passado fim de semana vítima de um coágulo no sangue.

Nas fotografia e vídeos divulgados pela publicação Open, é também possível ver os presentes no funeral a fazer a saudação nazi enquanto gritam “Presente!”.

PUB

A ação já valeu a condenação das mais altas instituições religiosas da capital italiana. A diocese de Roma emitiu um comunicado na terça-feira, no qual considerou a bandeira Nazi “um símbolo horrendo irreconciliável com o Cristianismo”.

“Esta exploração ideológica e violenta, especialmente após um ato de fé ao pé de um sítio sagrado, permanece ofensiva e inaceitável para a comunidade cristã de Roma e para todas as pessoas de bem da nossa cidade”, pode ler-se na nota.

Também a comunidade judaica da cidade manifestou o seu repúdio com os eventos captados.

PUB
PUB
PUB

“É inaceitável que uma bandeira com uma suástica pode ainda ser exibida nos dias de hoje, especialmente numa cidade que assistiu à deportação de judeus por parte dos Nazis e dos seus colaboradores fascistas”, informou a comunidade numa nota, citada pelo The Guardian.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados