Atleta do Benfica relata nova polémica com a polícia de Londres

15 ago, 18:26
Ricardo dos Santos

«Qual a necessidade de sete agentes armados quando eu estava sozinho no carro», questiona Ricardo dos Santos

Ricardo dos Santos, atleta português do Benfica, veio novamente a público descrever um episódio polémico com a polícia de Londres. Em 2020, recorde-se, o especialista dos 400 metros, acusou as autoridades britânicas de racismo. Já em abril deste ano, foi divulgado que os cinco agentes de polícia que detiveram Ricardo dos Santos e a esposa britânica Bianca Williams enfrentam ações disciplinares.

Agora, o velocista português que reside em Inglaterra partilhou imagens de uma nova operação policial de que foi alvo. «Quando estava a caminho de casa, fui parado por sete polícias armados, porque eles pensavam que eu estava a mexer no telemóvel enquanto estava a conduzir. Eu parei quando me senti seguro para o fazer», começou por explicar.

«Fico chateado porque dois anos depois, nada mudou. Qual a necessidade de sete agentes armados quando eu estava sozinho no carro? Dois ou três seriam suficientes», salientou Ricardo dos Santos.

 

A City of Westminster Police já reagiu à denúncia, salientando que os polícias «indicaram claramente ao carro para parar e isso não aconteceu». Como tal, foram chamados reforços. «O condutor parou cinco minutos depois», salienta a força policial.

«Após a conversa, o veículo foi autorizado a seguir a sua viagem. Entretanto, já contactámos o condutor via Twitter para ele nos contactar, caso queria continuar a discutir este tema», completa a City of Westminster Police.

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados