Reserva Federal norte-americana anuncia nova subida de 75 pontos base na taxa de juro

Agência Lusa , CNN Portugal
21 set, 19:26
Jerome Powell, presidente da Reserva Federal norte-americana. Foto: AP Photo/Jacquelyn Martin

Aumento catapulta a taxa dos fundos federais para o nível mais alto dos últimos 14 anos

A Reserva Federal norte-americana (Fed) anunciou esta quarta-feira uma subida de 75 pontos base na sua taxa de juro, um aumento idêntico ao que tinha decidido nas duas últimas reuniões.

Este é o quinto aumento desde março e a taxa dos fundos federais fica agora entre 3% e 3,25%, o nível mais alto dos últimos 14 anos.

"A inflação permanece alta, o que se reflete em desequilíbrios entre a oferta e a procura relacionados com a pandemia, os preços mais altos dos alimentos e da energia e pressões mais abrangentes sobre os preços", explica a Fed, em comunicado.

A autoridade monetária norte-americana sublinha que mantém o objetivo de reduzir a inflação para um máximo de 2%. Em Julho, os EUA registaram uma taxa de inflação homóloga de 8,5%.

O presidente da Fed reconheceu que esta subida pode causar alguma "dor" às famílias e às empresas, mas sublinhou o que considera ser as vantagens deste percurso a longo prazo. "Temos de continuar até que o objetivo esteja cumprido", disse, em Agosto, num encontro com bancos centrais. "Enquanto que taxas de juro mais altas, um crescimento mais lento, e piores condições no mercado de trabalho vão fazer descer a inflação, irão também causar alguma dor às famílias e às empresas. São o custo infeliz no processo de reduzir a inflação. Mas não conseguir recuperar a estabilidade nos preços seria ainda mais doloroso", avisou.

Economia

Mais Economia

Patrocinados