Rendas antigas começam a descongelar em 2024 mas só podem aumentar até 6,94%

4 dez 2023, 09:03
Rua da Rosa, Bairro Alto, habitação, casas, Lisboa, polícia. Foto: Bildagentur-online/Universal Images Group via Getty Images

REVISTA DE IMPRENSA || Governo garante que rendas antigas não vão sofrer mais nenhum aumento e que senhorios serão compensados a partir do segundo semestre

As rendas antigas vão começar aumentar no próximo ano, mas em linha com a inflação, avança o jornal Público desta segunda-feira. 

O Governo garante que, ao contrário do que está previsto na lei do Mais Habitação, as rendas dos contratos celebrados antes de novembro de 1990 só vão poder aumentar até 6,94% e que não vão sofrer mais qualquer tipo de aumento em 2024. 

A lei do Mais Habitação previa que não fossem serão fixados novos limites de rendas para os inquilinos com contratos antigos.

O jornal adianta que ainda falta conhecer o funcionamento da compensação que será atribuída aos senhorios destes contratos, que, a entrar em vigor, só chegará a partir do segundo semestre do próximo ano.

Imobiliário

Mais Imobiliário

Patrocinados