Aeroporto de Luton reaberto na totalidade após problemas na pista devido ao calor

Nuno Mandeiro , - notícia atualizada às 18:55
18 jul, 17:33
Aeroporto de Luton (Imagem Getty)

Para além de Luton, também maior base aérea das forças armadas britânicas interrompeu o tráfego de aeronaves devido à onda de calor que assola o Reino Unido, porque, segundo uma fonte militar, “a pista derreteu"

Depois de ter suspendido os voos devido a problemas na pista provocados pelas elevadas temperaturas, o aeroporto de Luton voltou a receber voos e está 100% operacional. 

O aeroporto, situado em Londres, foi obrigado a suspender todos os voos, depois de terem sido identificados problemas na pista de aterragem, provocados pela onda de calor extremo que atinge o Reino Unido. “No seguimento das temperaturas elevadas, foram identificadas falhas na superfície da pista”, avançaram responsáveis do aeroporto de Luton.

De acordo com a Sky News, o último voo a descolar no aeroporto tinha sido às 15:07. Luton tem apenas uma pista de aterragem e o canal britânico avançou que os aviões estavam a ser desviados para os aeroportos mais próximos, numa altura em que a onda de calor que assola o Reino Unido se está a intensificar.

"Engenheiros foram chamados para o local imediatamente para dar início aos trabalhos de reparação, que estão em progresso. Esperemos retomar a normalidade assim que possível", acrescentava o aeroporto de Luton num comunicado partilhado nas redes sociais.

A Força Aérea Real (RAF) também já interrompeu as aterragens e descolagens da sua maior base aérea no Reino Unido, Brize Norton. “A pista derreteu", segundo uma fonte militar citada pela Sky News.

A Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido já declarou emergência nacional e levou os responsáveis meteorológicos a emitirem o primeiro alerta vermelho devido ao calor extremo da história do país. A onda de calor extremo deverá atingir o pico na terça-feira.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados