Reembolsos do IRS estão a entregar em média 1.029 euros aos contribuintes

30 mai, 06:18
Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) já começou a reembolsar os contribuintes. (Pexels)

REVISTA DE IMPRENSA. O Estado está a entregar mais lentamente o IRS aos contribuintes este ano do que nos anos anteriores à pandemia.

O reembolso médio até agora na campanha do IRS deste ano é de 1.029 euros, noticia a edição desta segunda-feira do Jornal de Negócios. Citando dados do Ministério das Finanças, o jornal económico avança que até 25 de maio já foram reembolsados um total de 2,057 mil milhões de euros.

Foram entregues 4,1 milhões de declarações de IRS, cerca de um terço das quais através do IRS automático, sendo os remanescentes quase dois terços submetidos de forma manual, acrescenta o Negócios. Daqueles declarações, foram já liquidadas 3,6 milhões, das quais cerca de dois milhões resultaram em reembolsos para os contribuintes. Em 552 mil dos casos, os contribuintes, em vez de receber, terão de pagar ao Estado. Nas demais declarações, não há lugar nem a cobrança nem a reembolso.

Segundo o Negócios, o arranque da campanha de reembolsos está a ser mais rápido do que em 2021 e em 2020, anos da pandemia, mas mais lento do que nos dois anos pré-pandemia, os de 2018 e de 2019.

 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Dinheiro

Mais Dinheiro

Patrocinados