Adolescente usa fisga desde o quarto para impedir rapto da irmã de oito anos que brincava no quintal

MSM
16 mai, 19:25
Crime Scene (Pexels)

Suspeito, de 17 anos, confessou que “andava à procura de alguém para agredir”, uma vez que sofre de acessos de raiva

Sangue frio, reação rápida e boa pontaria são os fios condutores de uma história que acabou bem, mas poderia ser trágica. Um adolescente conseguiu impedir que a irmã, de oito anos, fosse raptada, usando uma fisga para atingir o agressor, em Alpena, Michigan, nos Estados Unidos.

A menina estava a apanhar cogumelos no quintal, quando um jovem, que saiu da floresta, a agarrou e tentou impedir de gritar, tapando-lhe a boca, contou o sargento Shane Smith à CNN.

Segundo o polícia, o irmão da vítima, de 13 anos, que estava no seu quarto, ouviu os gritos da criança, pegou na fisga e apontou ao agressor, que foi atingido primeiro na cabeça e depois no peito.

A menina, que continuou a debater-se, aproveitou o ataque ao agressor para se libertar e fugir para casa. Já o atacante fugiu para a floresta, contou Smith.

Um pouco depois, o agressor foi visto num parque de estacionamento e tentou esconder-se numa estação de serviço, mas acabou por ser detido pelas autoridades. As marcas deixadas pelas pedras lançadas pelo adolescente ajudaram a polícia a identificar o jovem de 17 anos.

Interrogado pelas autoridades, confessou que “andava à procura de alguém para agredir”, uma vez que sofre de acessos de raiva, revelou o sargento Shane Smith.

O suspeito está acusado de tentativa de rapto, tentativa de agressão com a intenção de provocar graves danos corporais e agressão.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados