"Nem sabia que tinha ganho". Joaquim Rodrigues emocionado após vitória em etapa do Dakar

4 jan, 18:16

Piloto continua com o objetivo de terminar a prova e diz que o mais importante é minimizar erros

PUB

Ganhou e nem sabia: o português Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) venceu esta terça-feira a terceira etapa da 44.ª edição do rali Dakar de todo-o-terreno, em motas, com 255 quilómetros cronometrados em redor de Al Qaisumah, na Arábia Saudita.

Após a vitória no deserto saudita, o piloto de 40 anos falou em exclusivo à CNN Portugal, descrevendo a emoção de um dia histórico.

PUB

O motard explicou que sabia que tinha feito um bom tempo, mas "não tinha noção que tinha ganho a etapa", até porque, quando terminou, outros pilotos ainda estavam por terminar a prova.

"Sabia que tinha feito um bom tempo, mas não sabia que tinha ganho. É uma grande vitória, só o facto de conseguir terminar, é uma grande vitória", referiu.

Reconhecendo a exigência de uma prova como o Dakar, conta que o primeiro dia foi decepcionante, depois de ter ficado perdido durante uma hora. Agora, e olhando já para os próximos desafios, espera "não cometer muitos erros".

"Não se vê ninguém"

Sobre a experiência no deserto, Joaquim Rodrigues conta que tem andado quase sempre sozinho: "Não se vê ninguém. Tento concentrar-me ao máximo, até porque um mínimo deslize pode dar um acidente. Tento não pensar em muita coisa", acrescenta, admitindo que por vezes surgem distrações, mas que o foco volta sempre ao início.

PUB
PUB
PUB

Apesar da vitória, o piloto não redefine os objetivos, e mantém-se focado em terminar a prova, até porque "recuperar é muito difícil".

O piloto natural de Barcelos gastou 2:34.41 horas para completar o percurso, deixando o australiano Toby Price (KTM) no segundo lugar, a 1.13 minutos, e o norte-americano Skyler Howes (Husqvarna) no terceiro, a 1.26.

Joaquim Rodrigues Jr. tornou-se no nono português a vencer uma etapa na mais emblemática prova de todo-o-terreno do mundo, o sexto motard e o primeiro depois do triunfo de Hélder Rodrigues na 12.ª etapa da edição de 2016, ano em que o malogrado Paulo Gonçalves, cunhado do vencedor, também conquistou uma tirada, a quarta.

Este foi o primeiro triunfo de Joaquim Rodrigues Jr. na competição, marcando também a estreia de triunfos da marca Hero no Dakar, em seis presenças.

Com estes resultados, Joaquim Rodrigues Jr. subiu cinco posições, para o 13.º posto, a 37.43 minutos do primeiro classificado, que continua a ser o britânico Sam Sunderland (GasGas), que foi 13.º.

PUB
PUB
PUB

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Desportos

Mais Desportos

Patrocinados