"A minha querida mãe": Carlos, o rei, reage à morte de Isabel II

8 set, 19:10
Príncipe Carlos

Em comunicado, o rei escreve ainda que sabe que a perda de Isabel II "será profundamente sentida em todo o país, nos reinos e na comunidade e por inúmeras pessoas em todo o mundo"

Carlos, que agora sobe ao trono, reagiu à morte da mãe, a rainha Isabel II, em comunicado. "A morte da minha querida mãe, sua majestade a Rainha, é um momento de grande tristeza para mim e para todos os membros da minha família". 

No comunicado, o rei escreve ainda que sabe que a perda de Isabel II "será profundamente sentida em todo o país, nos reinos e na comunidade e por incontáveis ao redor do mundo".

"Lamentamos profundamente a morte de uma soberana querida e de uma mãe muito amada. Sei que a sua perda será profundamente sentida em todo o país, nos reinos e na comunidade e por inúmeras pessoas em todo o mundo. Durante este período de luto e mudança, eu e a minha família seremos confortados e sustentados por nosso conhecimento do respeito e profundo afeto em que a rainha foi tão amplamente mantida", lê-se ainda na nota.

A rainha Isabel II morreu, esta quinta-feira, aos 96 anos, no Castelo de Balmoral, rodeada pela família. A notícia foi conhecida depois de o Palácio de Buckingham ter informado que a equipa médica que acompanha a rainha estava "preocupada" com a saúde da monarca. Assim que foi dado o aviso, os príncipes Carlos e William viajaram de imediato para Balmoral para acompanhar os últimos momentos de Isabel II.

Com a morte de Isabel II, sobe agora ao trono o príncipe Carlos, o seu sucessor, o que tornará William o príncipe herdeiro. De acordo com o Palácio de Buckingham, o rei e a rainha consorte vão permanecer em Balmoral esta noite e regressam a Londres amanhã". 

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados