Fotógrafa da última foto da rainha revela que Isabel II estava "frágil", mas "bem disposta"

10 set, 09:10

Jane Barlow conseguiu as fotografias durante o compasso de espera por Liz Truss

Jane Barlow é a fotógrafa responsável pelas últimas imagens da rainha Isabel II, capturadas em Balmoral, na terça-feira, durante a indigitação da primeira-ministra Liz Truss. Em entrevista à Press Association, agência para a qual trabalha, a profissional revelou que, no dia 6 de setembro, a rainha estava "frágil", mas "bem disposta".

Os retratos foram feitos enquanto a monarca aguardava que a líder dos conservadores chegasse a Balmoral para o encontro, entre conversas sobre o tempo chuvoso que cobria a Escócia.

"Consegui vários sorrisos dela", revela.

E também Liz Truss "foi recebida com um grande sorriso" quando entrou na sala onde decorreu o encontro. 

Com as fotos das duas tiradas, Jane Barlow abandonou a sala para que o encontro decorresse em total privacidade. A fotógrafa revela ainda que recebeu "comentários adoráveis sobre a foto".

"É um verdadeiro privilégio poder tirar essa foto, uma honra e um privilégio. É assim para grande parte do nosso trabalho. Eu estava lá para a fotografar a conhecer a nova primeira-ministra, mas, para mim, a melhor foto foi a da rainha sozinha. E, agora, obviamente, ganhou mais significado", acrescentou.

Barlow afirmou ainda que a rainha mostrava estar "mais frágil" do que quando a tinha fotografado durante o verão, em eventos como a semana de Holyrood e as audiências com Nicola Sturgeon e Alison Johnstone.

A rainha Isabel II morreu, esta quinta-feira, aos 96 anos, no Castelo de Balmoral, rodeada pela família. A notícia foi conhecida depois de o Palácio de Buckingham ter informado que a equipa médica que acompanha a rainha estava "preocupada" com a saúde da monarca. Assim que foi dado o aviso, os príncipes Carlos e William viajaram de imediato para Balmoral para acompanhar os últimos momentos de Isabel II.

Com a morte de Isabel II, sobe agora ao trono o príncipe Carlos, o seu sucessor, o que tornará William o príncipe herdeiro.

Europa

Mais Europa

Patrocinados