Avião da australiana Qantas regista terceira falha técnica em três dias

Agência Lusa
20 jan, 06:00
Qantas (Associated Press)

Voo que seguia para Sydney, foi obrigado a regressar a Melbourne dez minutos depois de descolar

Um avião da companhia aérea australiana Qantas, que seguia para Sydney, foi obrigado a regressar a Melbourne dez minutos depois de descolar, registando o terceiro problema de um aparelho da empresa em pleno voo em três dias.

O voo QF430 descolou às 09:40 locais (22:40 de quinta-feira em Lisboa), do aeroporto internacional de Tullamarine, em Melbourne, para onde teve de regressar cerca de dez minutos depois, segundo a página do Flight Radar, que monitoriza em tempo real voos de todo o mundo.

O Boeing 737 fez o voo de regresso como "medida de precaução" depois de os pilotos terem sido alertados para um problema "de menor importância" no motor, de acordo com um comunicado da Qantas, divulgado pela agência de notícias Australian Associated Press.

“O avião pousou normalmente, não foi uma aterragem de emergência ou prioritária. Ambos os motores permaneceram operacionais durante todo o voo", acrescentou.

Este é o terceiro incidente com um avião da companhia aérea australiana nos últimos três dias.

Na quinta-feira, um Boeing 738, que ligava Sydney às Fiji, teve de regressar à cidade australiana devido a um "potencial problema mecânico". Um dia antes, outro aparelho, um Boeing 737-838, que ligava Auckland, na Nova Zelândia, e Sydney, emitiu um sinal de emergência em pleno voo.

Relacionados

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados