Pedro Roseta número um de Rio ao Conselho Nacional, Morais Sarmento à Jurisdição

Paula Caeiro Varela | Agência Lusa
16 dez 2021, 18:51
Rui Rio (Lusa/José Coelho)
Rui Rio (Lusa/José Coelho)

Paulo Mota Pinto voltará a ser o candidato à Presidência da Mesa do Congresso

PUB

O Presidente do PSD Rui Rio  já convidou os cabeças de lista aos órgãos nacionais do partido, a eleger no próximo domingo, durante o 39.º Congresso Nacional, que decorre a partir de sexta-feira em Santa Maria da Feira. 

O histórico militante Pedro Roseta vai encabeçar a lista do presidente Rui Rio ao Conselho Nacional do partido. Em comunicado, Rui Rio anunciou que o até agora vice-presidente Nuno Morais Sarmento será o primeiro da sua lista ao Conselho de Jurisdição Nacional, enquanto Paulo Mota Pinto voltará a ser o candidato à presidência da Mesa do Congresso.

PUB

Rui Rio encabeçará a lista para a Comissão Política Nacional do partido.

Rui Morais, economista, vice-presidente do PSD de Braga e presidente da empresa Intermunicipal Braval, é o candidato à presidência da Comissão Nacional de Auditoria Financeira.
 
José Silvano irá manter-se como Secretário-Geral do PSD.

Pedro Roseta, que fez parte do grupo fundador do PPD/PSD, foi também presidente do grupo parlamentar do PSD durante o Governo da Aliança Democrática liderada por Francisco Sá Carneiro, e substituirá no topo da lista ao Conselho Nacional o eurodeputado Paulo Rangel, que foi ‘número um’ da lista de Rio em 2018 e 2020.

PUB
PUB
PUB

Desta vez, o ex-candidato à liderança já tinha indicado que não iria promover nem integrar qualquer lista.

Já Nuno Morais Sarmento anunciou, durante a campanha para as diretas, que não iria declarar apoio público a nenhum dos candidatos nem pretendia voltar a integrar a Comissão Política Nacional, onde tinha assento como vice-presidente de Rui Rio desde 2018.

No entanto, o ex-ministro e advogado aceitou protagonizar uma disputa para o Conselho de Jurisdição Nacional, e considerado o ‘tribunal’ do partido, com o atual presidente deste órgão, Paulo Colaço, que anunciou a sua recandidatura no início da semana, depois de no último mandato ter tido vários diferendos com a direção.

Do lado das escolhas de Rui Rio, falta saber qual o grau de renovação que fará na Comissão Permanente, o núcleo duro da direção, e na Comissão Política Nacional.

A entrega das listas para os órgãos nacionais terá de acontecer até às 18:00 de sábado e a eleição decorrerá no domingo de manhã.

Ao Conselho Nacional, considerado o parlamento do partido e também eleito por método de Hondt, existirão várias listas como habitualmente (no último Congresso foram dez), sendo já certas - para lá da de Rio - uma apoiada pelo ex-candidato à liderança Luís Montenegro (o primeiro nome só deverá ser conhecido na sexta-feira), outra pelo também candidato à liderança em 2020 Miguel Pinto Luz (que a deverá encabeçar), bem como a já várias vezes protagonizada por Joaquim Biancard Cruz e Duarte Marques.

PUB
PUB
PUB

Deverão ainda dar entrada outras listas, algumas até promovidas por apoiantes de Rui Rio, estando por confirmar se o deputado Carlos Eduardo Reis - que tem encabeçado das listas mais votadas em anteriores congressos - irá desta vez na lista oficial da direção.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados