PSD não vai entregar projetos de revisão constitucional e da lei eleitoral por oposição de Montenegro

Agência Lusa
13 mai, 17:02
PSD - Rui Rio (Miguel Riopa/ Getty)

Foi decidido pela Comissão Política Nacional que se um dos candidatos à liderança se opusesse à entrega dos diplomas, o partido não formalizava a entrega dos diplomas

O PSD anunciou esta sexta-feira que não irá entregar no Parlamento os projetos de revisão da lei eleitoral da Assembleia da República e da Constituição, devido à discordância do candidato à liderança Luís Montenegro.

Em comunicado, o partido recorda que, no seguimento da última reunião da Comissão Política Nacional, foi decidido não formalizar a entrega destes diplomas “se pelo menos um dos candidatos à presidência do partido a tal não desse a sua concordância”.

“O Presidente do PSD contactou para esse efeito o Sr. Eng. Jorge Moreira da Silva e o Sr. Dr. Luís Montenegro. Tal como era de prever por declarações públicas que ambos já tinham feito, o candidato Luís Montenegro não deu a sua concordância a que o PSD abrisse agora um processo de revisão constitucional, nem que entregasse na mesa da Assembleia da República o projeto de lei relativo ao sistema eleitoral”, refere a nota à imprensa.

Por essa razão, refere-se, “a direção nacional e a do Grupo Parlamentar irão respeitar essa vontade e não irão entregar os referidos diplomas para debate e decisão parlamentar”.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados