Moreira da Silva já telefonou a Montenegro. "Sabia que estava a desafiar uma probabilidade"

CNN Portugal , HCL
28 mai, 22:09
Jorge Moreira da Silva

Jorge Moreira da Silva anunciou que felicitou Luís Montenegro pela “vitória expressiva” nas diretas do PSD e desejou que tenha êxito como novo presidente do partido

Jorge Moreira da Silva já telefonou a Luís Montenegro, novo presidente do PSD, para o felicitar pela vitória. No discurso na sua sede de campanha desejou ao antigo líder parlamentar social-democrata que "tenha êxito, pois o seu êxito será o nosso êxito".

Agradecendo aos apoiantes espalhados pelo país que, descreveu, "fizeram um trabalho extraordinário num contexto muito diverso", Moreira da Silva garantiu que o propósito da sua candidatura era "dignificar a democracia". "Quando me candidatei, fi-lo tendo por base as convicções e não qualquer tipo de cálculo aritmético. Sabia que estava a desafiar uma probabilidade".

O candidato derrotado lembrou que a sua campanha apenas começou a cinco semanas do dia da ida às urnas e que entrou para a corrida numa altura em que "já mais de 90% das estruturas distritais tinham declarado apoio à candidatura" de Montenegro. "Nem uma estrutura distrital nos apoiou, apenas tivemos o apoio de uma estrutura informal, a das mulheres sociais-democratas", acrescentou.

Ainda assim, afirma, o antigo ministro do Ambiente, "não podia deixar de dizer presente" num contexto em que "o PSD está com dificuldades estruturais".

Moreira da Silva sublinha que "fez de tudo" para que os militantes conseguissem comparar ambos os projetos na corrida para substituir Rio e que a sua campanha teve "uma base cidadã, sem néons, sem ecrãs gigantes, mas com mais de 300 jovens voluntários, que galvanizaram esta campanha”.

Com 51 anos, o especialista em alterações climáticas admitiu voltar a candidatar-se a uma futura liderança do PSD. "Não vou dizer que não me vou candidatar", afirmou, rejeitando a possibilidade de integrar a direção de Luís Montenegro porque têm "divergências que são públicas e não abdico das minhas ideias".

O social-democrata Luís Montenegro foi este sábado eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições diretas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido.

“Declara-se neste momento Luís Montenegro presidente eleito do PSD e que assumirá funções no próximo congresso”, anunciou o presidente do Conselho de Jurisdição Nacional do partido, Paulo Colaço, numa declaração na sede do PSD, em Lisboa. Segundo os resultados provisórios anunciados, Luís Montenegro alcançou 73% dos votos e Jorge Moreira da Silva 27%, com a abstenção nesta altura a rondar os 35%.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados