PS chumba audições de Mariana Vieira da Silva e Pedro Nuno Santos na Assembleia da República

Agência Lusa , CF
30 nov 2022, 15:56
Covid-19 na Assembleia da República

Foi igualmente chumbado outro requerimento do Chega, para “audição urgente da presidente da Comissão Executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, e do presidente da Companhia Aérea White, José Miguel Costa”, na sequência do fim do contrato de prestação de serviços

Os deputados do PS ‘chumbaram’ os requerimentos para audição, na Assembleia da República, da ministra da Presidência, sobre a eficácia das medidas de combate à pandemia, e do ministro das Infraestruturas, sobre a multa aplicada pelos EUA à TAP.

Em causa está o requerimento apresentado pelo grupo parlamentar do PSD para audição da ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, sobre a eficácia das medidas de combate à pandemia, na sequência das falhas apontadas pelo Tribunal de Contas, votado e ‘chumbado’ esta quarta-feira na Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação.

Foi também ‘chumbado’ o pedido do Chega para “audição urgente do ministro das Infraestruturas e Habitação, da CEO [presidente executiva] da TAP, Christine Ourmières-Widener, e do presidente do Conselho de Administração da ANA Aeroportos, José Luis Arnaut”, sobre a multa de cerca de 550.000 euros aplicada à TAP pelo Departamento de Transportes dos EUA (DoT), por atraso nos reembolsos a clientes no valor de 122 milhões de euros.

Foi igualmente ‘chumbado’ outro requerimento do Chega, para “audição urgente da presidente da Comissão Executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, e do presidente da Companhia Aérea White, José Miguel Costa”, na sequência do fim do contrato de prestação de serviços.

Adicionalmente, aquela comissão aprovou por unanimidade o requerimento do grupo parlamentar do PSD, para audição do ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, sobre a reprivatização da Efacec.

Partidos

Mais Partidos

Mais Lidas

Patrocinados