Proteção Civil da Madeira emite recomendações à população devido à previsão de mau tempo

Agência Lusa , AM
15 dez 2022, 12:44
Mau tempo na Madeira [LUSA]

Serviço regional indica que as condições meteorológicas previstas podem representar riscos nos percursos pedestres e automóveis

O Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira recomendou esta quinta-feira à população que retire os objetos soltos das varandas e peitorais das janelas e aconselhou a cuidados especiais na circulação pelas zonas potencialmente mais afetadas pelo mau tempo.

A Proteção Civil madeirense emitiu um conjunto de recomendações na sequência das previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que colocou a Madeira sob avisos laranja e amarelo para vento e agitação marítima.

O serviço regional indica que as condições meteorológicas previstas podem representar riscos nos percursos pedestres e automóveis, “sobretudo nas zonas montanhosas, vertentes expostas e zonas costeiras, pelo que aconselha cuidados especiais nas atividades” enquanto vigorarem os avisos.

Recomenda ainda à população que não circule por zonas com prédios degradados devido ao risco de derrocadas, evite zonas afetadas pelo mau tempo e preste atenção a estruturas como andaimes, toldos, tendas e telhados, "que poderão ser afetadas por rajadas mais fortes de vento, bem como a uma possível queda de árvores".

A Capitania do Porto do Funchal também prolongou os avisos de agitação marítima forte e vento forte até às 06:00 de sexta-feira, recomendando aos proprietários e armadores das embarcações que adotem as devidas precauções de forma a garantirem a segurança das mesmas.

A Porto Santo Line – empresa responsável pela ligação marítima entre a Madeira e o Porto Santo – cancelou as viagens previstas para quarta-feira e para hoje por não estarem reunidas as condições de segurança necessárias.

No Aeroporto Internacional da Madeira, o movimento esteve condicionado, sobretudo na noite de segunda-feira e na manhã de terça-feira, mas desde quarta-feira as aeronaves têm descolado e aterrado, de acordo com a informação disponível no ‘site’ da ANA – Aeroportos Portugal.

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados