€2300/mês para instalar ou reparar elevadores, €3000/mês para um ferramenteiro e por aí acima: o top das profissões mais bem pagas em Portugal

6 ago, 08:00

Levantamento dos valores e das funções foi feito pelo ManpowerGroup para a CNN Portugal

Na hora de escolher o caminho profissional a seguir, são muitos os prós e contras. E depois há os fatores aliciantes - como o salário. E é precisamente a remuneração que tantas vezes funciona como fator atrativo ou dissuasor no momento de se escolher um rumo profissional.

Um levantamento sobre as profissões mais bem remuneradas feito pelo ManpowerGroup para a CNN Portugal no final de julho mostra quais são as profissões que têm os maiores salários. Curiosamente, muitas delas têm designação em inglês - porque muitas delas podem ser feitas precisamente a uma escala global.

De digital marketeer a cargos de direção na Saúde, conheça os dez diferentes cargos e as remunerações atribuídas no sector privado:

  1. Diretor-Geral de empresas na área da Saúde (no privado) entre 120.000 e 150.000 euros por ano
  2. Diretor Comercial entre 100.000 e 150.000 euros por ano
  3. CIO (Chief Information Officer) entre 110.000 e 140.000 euros por ano
  4. Diretor de Centro de Serviços Partilhados entre 95.000 e 120.000 euros por ano
  5. Big Data specialist entre 35.000 e 50.000 euros por ano
  6. E-Commerce Manager entre 50.000 e 75.000 euros por ano
  7. Cibersecurity Specialist entre 45.000 e 60.000 euros por ano
  8. Software Engineer mais de 45.000 euros por ano
  9. Machine Learning Specialist mais de 40.000 euros por ano
  10. Digital Marketeer entre 35.000 e 45.000 euros por ano

Além destas dez profissões, há ainda outras sete profissões com funções técnicas, fortemente especializadas, onde a formação de novos profissionais não acompanha as necessidades do mercado, o que leva a uma crescente escassez de perfis nestas áreas.

Segundo a ManpowerGroup, como consequência da escassez de trabalhadores, estas profissões registam também salários cada vez mais competitivos.

  1. Estivadores 3.000 a 3.500 euros por mês | 42.000 a 49.000 euros por ano
  2. Modelador têxtil 2.500 a 3.000 euros por mês | 35.000 a 42.000 euros por ano
  3. Ferramenteiro 2.500 a 3.000 euros por mês | 35.000 a 42.000 euros por ano
  4. Tubista 2.000 a 3.000 euros por mês | 35.000 a 42.000 euros por ano
  5. Afinador de Máquinas de Injeção 1.600 a 3.000 euros por mês | 22.400 a 42.000 euros por ano
  6. Técnico de instalação e reparação de elevadores 1.800 a 2.300 euros por mês | 25.200 a 27.600 euros por ano
  7. Instalador de sistemas solares e eólicos 1.800 a 2.000 euros por mês | 25.200 a 28.000 euros por ano

Além destas, ao longo deste primeiro semestre do ano, e tendo em conta a atual escassez de talento, nomeadamente na área da restauração e hotelaria, assistiu-se ainda ao aumento salarial noutras funções, tais como sushiman (2.000 a 2.500 euros por mês | 28.000 a 35.000 euros por ano), tripulante de Cruzeiros (1.800 a 2.500 euros por mês | 25.200 a 35.000 euros por ano) e chefe de cozinha (1.250 a 2.000 euros por mês | 17.500 a 28.000 euros por ano).

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados