Recessão? Para já, não. PIB alemão cresce 0,3% no terceiro trimestre

Agência Lusa , AM
28 out, 10:43
Berlim está deserta devido às medidas para combater o novo Coronavírus

Crescimento no terceiro trimestre tem como explicação a ação do consumo privado

O Produto Interno Bruto (PIB) alemão cresceu 0,3% no terceiro trimestre de 2022, anunciou esta sexta-feira o organismo federal Destatis, atribuindo este comportamento ao consumo privado.

A subida do PIB alemão segue-se ao crescimento de 0,1% do segundo trimestre - altura em que os valores recuperaram níveis anteriores à pandemia - e após o crescimento de 0,8% do primeiro trimestre. 

"Após o ligeiro aumento do segundo trimestre de 2022 (+0,1%), a economia alemã continuou a manter-se firme apesar das difíceis condições económicas mundiais com a atual pandemia de coronavírus, cadeias de abastecimento interrompidas, o aumento dos preços e a guerra na Ucrânia", refere o organismo federal responsável pelas estatísticas na Alemanha. 

O crescimento no terceiro trimestre - que contrasta com algumas previsões recentes de que se iria registar uma diminuição em relação aos valores do PIB - tem como explicação a ação do consumo privado, segundo o Destatis. 

Mesmo assim, o organismo acrescenta que "devido à atual crise do coronavírus e as consequências da guerra na Ucrânia, estes resultados estão sujeitos a uma maior incerteza".

As principais instituições económicas alemãs anunciaram em finais de setembro que o PIB do terceiro trimestre de 2022 poderia cair cerca de 0,2%, - um recuo que poderia ser maior nos últimos três meses do ano: até 0,6%, seguindo-se uma baixa de 0,4% no primeiro trimestre de 2023. 

Dinheiro

Mais Dinheiro

Patrocinados